Dicas para escolher a escolinha do seu filho

6/06/2016 | Família

É muito bom curtir as crianças em casa, mas chega a hora em que ele tem que ir para a escolinha. E, escolher a primeira escola do seu filho pode ser uma tarefa nada fácil. Afinal, são os primeiros passos na vida escolar, além do que é preciso escolher um ambiente que ajude a criança a se adaptar ao período em que estará longe dos pais. Por isso, é importante se antecipar para poder pesquisar bastante e descobrir a escolinha ideal para ele antes que as vagas estejam esgotadas.

Dicas para escolher a escolinha do seu filho 00

Se você tem dúvida sobre qual é a melhor pré-escola para seu filho, confira algumas dicas que devem ser levadas em conta durante essa escolha:

1 – Faça uma lista com o que você espera da escola

Antes de começar a busca pelo lugar ideal é interessante que você anote tudo o que deseja que seja proporcionado ao pequeno, principalmente aquilo que você considera de essencial importância, por exemplo: a quantidade de profissionais à disposição da criança, a proximidade de sua residência ou o local de trabalho e as opções de contraturno ou das atividades extracurriculares.

Considere que a criança passará boa parte de seu dia na escolinha, então é necessário que você selecione o que acredita que fará com que ela se adapte melhor a nova rotina. Talvez nenhuma das escolinhas tenha tudo o que você deseja, mas ter os itens anotados ajudará a fazer um comparativo entre as escolinhas visitadas.

2 – Valores transmitidos

Dicas para escolher a escolinha do seu filho 03

Os valores transmitidos também devem ser levados em conta. Afinal, é preciso que a escola esteja alinhada ao que você pratica em casa e vice-versa pois o trabalho escola/pais na formação da criança deve ser colaborativo.

Quando for conhecer o local pergunte, por exemplo, como a escola aborda atos de indisciplina e qual a flexibilidade para atender a demanda dos pais.

3 – Saúde e segurança

É interessante procurar saber como a escola lida com questões como saúde e segurança de seus alunos. Como são tratados os casos de alunos com doenças contagiosas? E a segurança, como funciona se o pequeno se machucar enquanto estiver brincando, por exemplo? Existe pessoal treinado para primeiros socorros? Algumas escolinhas contam com convênio com ambulâncias além da enfermaria para atender a criança em caso de acidentes.

4 – Alimentação

Dicas para escolher a escolinha do seu filho 02

Peça para ver o cardápio. Analise como são servidas as refeições. Se possível, peça para visitar o refeitório no momento da alimentação. Repare como os profissionais lidam com as crianças nesse momento tão importante.

Também é importante perguntar como a escola procede no caso de seu filho possuir alguma restrição alimentar.

5 – Localização

Apesar de algumas pessoas não considerarem a localização um critério importante, é interessante levar isso em conta, afinal pode ser necessário comparecer ao local com urgência. Você pode optar por uma escolinha que esteja próxima do local de trabalho ou de sua residência e até mesmo no caminho entre um ponto e outro.
Mas se você não encontrar uma escola próxima, uma dica é aproveitar o tempo do percurso de ida e volta da escola para conversar com os pequenos e, assim, acompanhar suas atividades escolares.

6 – Metodologia utilizada e atividades com as crianças

A metodologia utilizada pela escolinha também deve ser levada em consideração. É interessante pesquisar e perguntar, não se deixando levar apenas por folhetos ou uma breve conversa.

Investigue se é investido apenas em atividades lúdicas, com o intuito de distrair o pequeno ou se há brincadeiras realmente ligadas ao seu desenvolvimento.

É interessante saber sobre mais detalhadamente sobre algumas das atividades. Por exemplo, a hora do sono para os que ainda não chegaram aos quatro anos de idade e atividades extracurriculares como balé, judô e teatro também são importantes para ajudar no desenvolvimento da criança.

Tire as suas dúvidas com os responsáveis e visite o local várias vezes em diferentes horários. Converse com os pais de outras crianças e analise se é isso o que deseja para seu filho. Durante a visita, repare se aquilo que foi lhe falado acontece na prática.

7 – Professores e profissionais em contato com a criança

Em algumas escolas a responsabilidade fica apenas com a professora enquanto que em outras há uma assistente acompanhando e ajudando nas atividades. A adaptação da criança dependerá dos laços criados com os professores e profissionais que a atendem. Procure saber se há trocas de professores em turnos ou se a turma é assistida sempre pelos mesmos professores. Algumas tarefas como troca de fraldas ou acompanhamento ao banheiro podem ser mais confortáveis se feitas sempre pelas mesmas pessoas.

8 – Adaptação dopequeno

Dicas para escolher a escolinha do seu filho 01Não são apenas os interesses dos pais que devem ser levados em conta. A adaptação de seu filho à escolinha também é essencial para que tudo dê certo. Antes de tomar uma decisão final opte por marcar uma visita junto a escola, na qual a criança poderá conhecer a professora e assistente com a qual terá contato e até mesmo os futuros coleguinhas.
Nessa visita é interessante, inclusive, que a criança possa ficar um momento sozinha com a futura professora. Se ela gostar do local e dos profissionais e os outros critérios forem atendidos não há porque não fazer a matrícula.

Por trás disso tudo há também o coração de mãe. Consulte sua intuição, mas também não deixe de investigar com detalhes onde seu filho passará momentos importantes de sua formação.

Espero que tenham gostado das dicas e que de alguma forma este post te ajude a tomar essa difícil decisão. Seria muito interessante se você que já passou por essa situação pudesse compartilhar aqui nos comentários do blog sua experiência.

Não esqueçam de se inscreverem em nosso canal do Youtube.

Beijos e até a próxima!