Muita roupa e pouca opção? Aprenda a planejar seu guarda-roupa.

25/11/2016 | Moda, Organização e limpeza

Você sabia que simplificar a sua vida é uma ótima maneira de conseguir se manter sempre organizada? Você pode fazer isso de diversas maneiras, entre elas optando por ter um guarda-roupa mais compacto. Você já pensou em quanto tempo você gasta lavando, passando ou mesmo organizando suas roupas e sapatos? Ou ainda, na quantidade de dinheiro que você já gastou com esses itens?

Ao reduzir o número de peças que possui, você terá em seu guarda-roupa apenas aquelas coisas que  realmente gosta e que usa. Uma pesquisa apontou que não usamos 80% das coisas que possuímos. Reduzindo o número de itens você pode aproveitar melhor cada um deles criando combinações diferentes e modernas. Você vai perceber que ao criar essas combinações terá muito mais alternativas do que você imagina. Parece mágica, mas a verdade é que basta ser criativa na hora de se vestir!

piramide-roupas

Para garantir um guarda-roupa livre de excessos e mais funcional, valorize a qualidade e não a quantidade de cada item. Liberte-se de todas aquelas peças de roupas que não servem mais ou que estão desgastadas ou, ainda, aquelas que você herdou da sua irmã mais velha e nunca gostou.

Além de descartar tudo o que não faz mais sentido manter, é preciso controlar as compras feitas por impulso. Sempre haverá novos lançamentos de produtos e novas liquidações. Mas daí surge a dúvida: qual a quantidade de itens que eu preciso ter em meu guarda-roupa? Se você ainda não se sente seguro em determinar essa proporção, o método da pirâmide pode te dar uma ajudinha. É claro que esses números vão variar de pessoa para pessoa, por exemplo, uma executiva possuirá muito mais roupas de trabalho do que peças básicas.

A regra da pirâmide divide seus itens em diversas categorias e atribui um peso para cada uma delas. A base da pirâmide é composta pelas peças que você deve ter em maior quantidade e o topo mostra os itens que você deve ter em menor quantidade.

piramide

Acessórios – 5%

O topo da pirâmide é reservado aos acessórios que te ajudarão a transformar seu look. Aqui incluímos os itens como anéis, brincos, pulseiras, cintos, lenços.

acessorios-roupas

Tendências da estação – 10%

Logo em seguida vem os itens que compõem tendência da estação.

tendencias-da-estacao

Roupas de festa – 10%

Destine 10% do seu guarda-roupa , também, para vestidos e sapatos de festa, rendas, brilhos.

roupas-de-festas

Peças casuais – 20%

Seguindo para a base da pirâmide, você destinará um número maior de peças para aquelas roupas que nunca saem de moda, tais como jaqueta de couro e suéter.

pecas-casuais

Roupas de trabalho – 20%

Aqui podemos incluir os blazers, camisas de qualidade, calça social, sapatos, saia lápis e vestidos.

roupas-trabalho

Peças básicas – 35%

Por fim, a base da pirâmide compõe aqueles itens que usamos no dia a dia, como camisetas, calças jeans, cascos, bolsas, óculos de sol, sapatilhas, botas, vestidos.

pecas-basicas-femininas

Espero que essas dicas te ajudem a economizar tempo e dinheiro e, principalmente, a se vestir de uma forma mais prática. Lembre-se que planejar a compra fica sempre mais barato que fazê-la por impulso.